Vencedoras de concurso na Bélgica se apresentam no Teatro Amazonas

Coreana e belga apresentaram peças clássicas com a Filarmônica
Sopranos ficaram em 1º e 2º lugar no Concurso Rainha Elisabeth

Sérgio Rodrigues e Camila Henriques do G1 AM

A Orquestra Amazonas Filarmônica se apresentou com um reforço de peso na noite desta quinta-feira (20) no Teatro Amazonas, no Centro de Manaus. Vencedoras do Concurso Internacional de Música Rainha Elisabeth, da Bélgica, a coreana Sumi Hwang e a belga Jodie Devos iniciaram turnê brasileira com um concerto na capital amazonense.

As sopranos Sumi, de 29 anos, e Jodie, 26, ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente, no tradicional concurso no ano passado. Em Manaus, elas se apresentaram sob a regência do maestro Marcelo de Jesus. O espetáculo reuniu peças famosas assinadas por compositores como Mozart, Puccini e Wagner, entre outros.

“Foi um concerto de alto nível, podemos perceber que é um concurso muito sério onde vemos o nivel das finalistas. Eu não saberia falar quem mereceu ficar em primeiro ou segundo. O que é bacana pra gente foi que elas se surpeenderam com o nível da orquestra, realmente é uma das melhores do Brasil e isso deixa a gente bem feliz. Todos os músicos saíram felizes. Quando acontece essa química entre solista, maestro e músicos isso resulta em um concerto de sucesso”, disse o maestro Marcelo de Jesus.

Atualmente, as duas sopranos vivem na Europa. Sumi iniciou seus estudos em Seul, mas aperfeiçou sua técnica na Alemanha. Jodie é diplomada pela Academia de Música de Londres e figura como membro da Academia de Ópera Cômica de Paris. Ao G1, as duas destacaram a calorosa recepção do público manauense no Teatro Amazonas.

“Esta foi a primeira vez que eu vim ao Brasil para cantar e estou me divertindo bastante aqui. O povo brasileiro é muito apaixonado pela música e pelas apresentações e me sinto muito confortável com eles. O público é bem diferente do que estou acostumada na Alemanha. É muito legal e me senti como uma pop-star!”, declarou Sumi Hwang.

Jodie também destacou a diferença entre o público brasileiro e o europeu. A belga ressaltou a beleza do Teatro Amazonas. “Eu me senti muito sortuda de poder me apresentar no Teatro. É um lugar maravilhoso. O público é tão receptivo e caloroso, muito difente da Bélgica, onde todos são sérios. Poder cantar com a Sumi também é fantástico. Já cantei com ela algumas vezes e ela é uma grande artista”, disse.

O Teatro Amazonas lotou para a apresentação da orquestra Amazonas Filarmônica. O casal Silmara Rosseto, 46, e Fernando Fujimoto, 50 anos, aprovou a apresentação.”Foi tudo muito bonito desde o começo. Eu gostei mais da soprano belga, achei ela com mais sentimento, apesar das duas serem fantásticas. E a Filarmônica é fora de série”, elogiaram.

Fonte: http://g1.globo.com/am/amazonas/musica/noticia/2015/08/vencedoras-de-concurso-na-belgica-se-apresentam-no-teatro-amazonas.html