A convite do selo Flau, Fábio Caramuru apresentou-se em oito cidades do Japão, durante sua primeira turnê pelo país, em concertos dedicados ao Projeto EcoMúsica e ao lançamento de seu CD em homenagem a Tom Jobim.

Abril 22 | Osaka | Shimanouchi Church
Abril 23 | Toyama | Nowhere
Abril 26 | Himeji | Hummock Cafe
Abril 27 | Okayama | Shiroshita Kokaido
Abril 28 | Fukuoka | Papparayray
Abril 29 | Tokyo | Anyoin Temple
Abril 30 | Oizumi | Bunka-Mura
Maio 2 | Kamakura | Nishimikado Salone

 

Fotos realizadas durante a turnê

Abril 22 | Osaka | Shimanouchi Church

Abril 23 | Toyama – Nowhere

Abril 26 | Himeji – Hummock Cafe

Abril 27 | Okayama – Shiroshita Kokaido

Abril 28 | Fukuoka – Papparayray

Abril 29 | Tokyo – Anyoin Temple

Abril 30 | Oizumi – Town Hall

Maio 2 | Kamakura – Nishimikado Salone

Serão dois programas diferentes, um deles dedicado ao seu projeto autoral EcoMúsica e o outro com obras de Tom Jobim.

I EcoMúsica – com projeção de imagens e interação com os sons dos animais – Cigarra, Bem-te-vi, Tico-tico, Sapo cururu , Quero-quero , Grilo, Uirapuru, Tangará, Araponga, Anu branco, Sabiá e duas músicas dedicadas a aves características do Japão, especialmente criadas para a ocasião.

II Tom Jobim | Piano Solo – Valsa sentimental (Imagina), Desafinado, Falando de amor, A correnteza, Marina del Rey, Two kites, Ligia, Flor do mato, Sabiá, Meu amigo Radamés, Água de beber, Passarim, Dindi, Amparo, Choro, Chovendo na roseira, Quebra-pedra

Em setembro de 2016, o CD EcoMúsica | Conversas de um piano com a fauna brasileira foi lançado com bastante sucesso de vendas pelo selo Flau no Japão.

Para os próximos meses serão também relançados, na terra do Sol nascente, o CD Do Ré Mi Fon Fon, 27 Cantigas Brasileiras, que  Fábio Caramuru criou com a artista Beth Bento, além de uma edição especial do CD duplo Tom Jobim por Fábio Caramuru, com novo projeto gráfico.
Caramuru, que foi discípulo da fenomenal pianista franco-brasileira Magda Tagliaferro (1893-1986),  tem conquistado cada vez mais o público japonês. A sutileza de suas sonoridades, qualidade herdada de sua grande mestra, sintoniza-se com a estética minimalista da arte japonesa.

A música de Tom Jobim também está intimamente relacionada à tradição da música francesa do Século XX, de compositores como Erik Satie, Debussy e Ravel. Ele compunha quase sempre ao piano, tendo sua obra recebido uma leitura única e reverente por parte de Caramuru, grande admirador do compositor carioca. Na audição de músicas como sua primeira obra, a Valsa sentimental (1945) e Marina del Rey fica bastante evidente essa forte influência da música francesa na estética de Jobim.

 

Links da turnê

Publicação no UOL

Site do selo Flau

Resonancemusic Osaka 22/4/2017

Himeji 26/4/2017

Okayama 27/4/2017

Fukuoka 28/4/2017

Fukuoka 28/4/2017